sábado, 21 de maio de 2011

Nele cabe o que não cabe na dispensa.

.
Nao sei o que ou a quem agradecer pela arte existir.
Mas é bom saber que ela é eterna. É aliviador senti-la.

13 comentários:

Aleksander Aguilar disse...

Nao tenho twitter nem facebook, por isso nao acompanhei a "febre" instantanea sobre essa banda (a revoluçao digital é mesmo poderosa e engraçadisssima!), e conheci ela aqui mesmo. E, também por coincidencia e sem resistir, encontrei esse texto aqui http://casualidadesdistorcidas.blogspot.com/2011/05/banda-mais-mediocre-da-cidade.html

eu adoro me divertir! beijo

Ediane Oliveira disse...

Aleks, gostei muito do texto! Fala umas grandes verdades. De todo modo, clichês à parte sobre a formação, cenário, tecnica ou não, minha admiração nesse post é à arte, sem nomes específicos ou bandas, afinal, pouco sei desse grupo. De todo modo, uma letra bonita, na minha opinião.

Miriam disse...

essa banda é uma uniao de varios compositores de curitiba que querem fazer musica. Achei a musica bela e concordei com mtas coisas do texto tb! hoho, mas a arte eh isso, nao tem que apontar se eh boa ou nao, pq ela eh maior, nao se restringe a uma coisa, ela existe e tem que ser respeitada. E as pessoas a fazem de sua maneira!

Niara de Oliveira disse...

As redes sociais de fato se tornaram uma febre e, assim como tudo na vida, explicitam o que existe de bom e ruim na vida. Mas é inegável que foram as redes sociais e essa revolução digital que o Aleks cita que democratizaram o acesso à música e o acesso dos músicos ao público, conseguindo fugir e escantear a máfia das gravadoras.
Imaginem quantos músicos e compositores excelentes se perderam nas décadas de 60, 70 e 80 justamente por não terem agradado ao gosto elitista e comercial das gravadoras!?!
E o texto indicado pelo Aleks pode até conter algumas verdades, mas é tão carregado de preconceito que tive de fazer um esforço para concluir sua leitura. Vou compartilhar os dois.

Chris Gar disse...

Vamos mais "longe" Niara..Vários artistas AINDA são relegados a último plano, mesmo com o advento da internet.

No caso específico da banda mais bonita da cidade, a música pode até ser legal, mas plagiar conceito de filmagem é a atitude mais feia do mundo!!


Não entenderam nada, né? então vejam isso:

http://www.youtube.com/watch?v=PYJiT_F2B4c

Chris Gar disse...

Ah..parabéns pela alusão ao CD "Depois da Guerra" da banda oficina G3 no Header do blog.

Ediane Oliveira disse...

Chris Gar, é claro que eu entendi. Na própria descrição do video deles diz: "é, a gente adora Beirut mesmo". É desse clipe aqui: http://www.youtube.com/watch?v=SXIaDBad5Vg

E sim, a Oficina G3 é uma banda próxima a mim e eu curto bastante a arte dos discos deles. Abraços

Chris Gar disse...

O "não entenderam nada, né?" não foi uma pergunta depreciativa, por favor, não me entenda mal..

E, dando uma pesquisada com calma, retifico meu comentário. Eles citam a fonte de inspiração mais antiga, que é o Beirut.

Apesar de não ser evangélico, também gosto bastante do Oficina. sempre que posso vou num show dos caras. Super banda!!

Por falar em banda, momento jabá...hehehe...ouçam a minha http://bleffe.com.br

Ediane Oliveira disse...

Opa, vou conferir tua banda sim! Quem sabe, com o tempo, possamos até mesmo trocar materiais, afinal, trabalho em rádio e sempre buscamos materiais alternativos, de diferentes lugares.

Sobre Oficina: certamente eles ultrapassam qualquer barreira de fé, ideologia e seja o que for. De maneira clara pra mim e que bom saber que pra ti tb, do mesmo motivo. Abraços :)

Bernard0 disse...

Ah então.. Eu acho que é necessária essa profusão toda de música, de arte de idéias e de 'mimimi's' como o dessa música.
Eu realmente não gosto do som, da vibe e de quase nada alí, mas acho que essa viagem toda tem que existir mesmo. Não sei por qual motivo, mas acho que tem que existir. rs

Achei o texto ( do link lá em cima) duro demais com relação ao trabalho da galera, não sei, mas não precisa tanto alvoroço por não gostar de uma banda ou dos fãs que ela conquistou. Parece tão sem propósito discutir sobre o gosto alheio.

Enfim...


=)

Jun. disse...

preta, nao gosto desse som. cheio de clichês, entretanto entendo quando vc se refere a arte e a liberdade que as pessoas tem pra faze-la do seu jeito. Importa eh que ela aconteça! e é aliviador sentir sim. A ARTE É MAIOR SEMPRE.
mas musicalmente falando, a banda eh um lixo e vc como uma boa apreciadora de música já concordou cmg sobre isso desde o inicio.
portanto, cabe aqui meu respeito a tua admiraçao pelo que a arte causa nas pessoas, de novo a minha reprovaçao à banda e minhas risadas ao texto divertido mas cheio de perda de tempo por escrever o mais clichê das criticas. BJO!

Ediane Oliveira disse...

Jun, tu tens razão.

E obrigada por me entender, mais uma vez.

mil beijos.

Lanna... disse...

♥love,ameeeii♥