quinta-feira, 2 de junho de 2011

P r i m a v e r a

.
Eu sou a continuação do teu frio

mas tenho flores.

Eu sou o início do teu fogo

mas selo em mim o vento.

Eu aqueço oceanos

eu te trago em mim.

2 comentários:

Aleksander Aguilar disse...

aprimorando cada vez mais o lirismo. parabéns, di!

Ediane Oliveira disse...

:)