sexta-feira, 15 de outubro de 2010

Cartas para Pedro I

Tu irás conhecer o amor



Pe
, ainda não nos conhecemos, mas parece que já imagino teu sorriso, teu rostinho e teu olhar inocente.
Estou ansiosa pela tua vinda. Será a primeira vez que terei, finalmente, um contato forte, com algum bebê próximo. Me sinto orgulhosa disso, pois ainda não fui tia, nem dinda, nem mãe, nem irmã mais velha. Mas agora, em breve, tu estarás chegando. E ainda que eu não seja nenhuma dessas funções que citei, serei tua amiga. Próxima. E isso me basta, Pe. Iremos brincar juntos.

Saiba que tua família é como se fosse a minha. Os amo com intensidade e respeito. Aliás, o amor carrega consigo essas duas questões. Tu irás conhecer e viver o amor, pois ele já está sendo transmitido a ti.

Me sinto feliz em poder fazer parte, ainda que indiretamente, dessa união dos teus pais.
Me sinto tranqüila por saber que tudo está dando certo na véspera da tua vinda ao mundo.

Pe, não se assuste com a vida aqui fora.
Eles irão segurar tua mãozinha. Tu serás acalmado quando chorares. E teus sorrisos serão incentivados a continuarem existindo. Eu tenho certeza.

Eu to aqui, em Pelotas, cidade que teus pais se conheceram.
Mas ó, em breve eu estarei aí. Junto com vocês três: Papai Iza, mamãe Li e tu.

E iremos nos divertir muito.
Vem logo.

Com carinho e felicidade,
Di.

2 comentários:

Lilian disse...

Não tenho como te agradecer. Q lindo!!! Tu és um diamante mesmo! Raríssima e valiosa! Te amo!

Carine Souza disse...

Que linda homenagem,fiquei emocionada.Só imagino vcs amigos,como se sentiram.Muito linda.
Parabéns a jornalista!E q venha o Pedro,hehe...
Que Deus abençoe muito sua chegada!
bjs